sábado, 10 de novembro de 2012

Cinto Bom ou Cinto Podre?

" Porque como o cinto se apega aos lombos do homem, assim eu fiz apegar-se a mim toda a casa de Israel e toda a casa de Judá, diz o Senhor, para me serem por povo, e nome, e louvor, e glória; mas não me deram ouvidos." Jr 13:11
O texto que antecede um pouco esse versículo relata uma situação onde Deus faz um pedido um tanto que inusitado ao profeta Jeremias. Ele o pediu que comprasse um cinto de linho e o colocasse sobre os seus lombos. E assim ele o fez. Pela segunda vez Deus falou a Jeremias, só que desta vez Ele o pediu que fosse até às margens do rio Eufrates e escondesse o cinto na fenda de uma rocha; e assim ele o fez. Passados alguns dias, novamente o SENHOR falou a Jeremias dizendo-o que fosse ao Eufrates e tomasse para si o cinto que ele havia escondido. Acho que dessa vez Jeremias pensou: "Só pode tá de brincadeira!". Mas ainda assim ele o fez. Quando chegou ao lugar onde tinha escondido, ele viu que o cinto tinha apodrecido. Então, mais uma vez, o SENHOR falou ao profeta Jeremias, dizendo:
"Desse modo também farei apodrecer a soberba de Judá e a muita soberba de Jerusalém." Jr 13:9
Posso imaginar a tristeza do profeta Jeremias - que inclusive intercede pelo povo no cap. 14 - ao escutar essa declaração do seu Deus. O cinto que o SENHOR havia pedido não era para que Jeremias ficasse mais bonito ao usá-lo, e sim para mostrar a realidade espiritual do povo escolhido, o povo de Judá. Deus tinha todo direito de está zangado, pois este povo maligno caminhava segundo a dureza de seu coração, adorando e servindo a outros deuses (v. 10). O povo preferiu não escutar a voz do SENHOR; ao invés disso eles escolheram ouvir os seus próprios conselhos, criar os seus próprios caminhos, seguir o seus próprios passos. Assim como o cinto apodrecido, para nada prestavam.

Será que isso foi restrito ao povo de Israel? Será que hoje Deus tem se alegrado com a situação da humanidade, que insistem em não fazer a Sua vontade? Podemos fazer algumas aplicações desse texto à nossa vida:

1. Deus quer nos ensinar algo ESPIRITUAL através de situações INUSITADAS.

Deus ainda fala aos nossos corações hoje. São muitas as situações onde Ele quer nos mostrar a Sua vontade, cabe a nós está atento. No caso de Jeremias, Deus quis ensiná-lo algo extremamente importante através de uma ocasião bastante simples. Muitas vezes o SENHOR usa "as coisas loucas do mundo", seja para nos dá um puxão de orelha, seja "para envergonhar os sábios" (I Co 1:27) ou para nos ensinar algo espiritual. É lógico que hoje as coisas são um pouco diferentes, não é mais necessário a revelação direta de Deus aos homens pois nós temos o que é perfeito (I Co 13:10), a Bíblia. Devemos está sensíveis a Palavra de Deus para entendermos o que Ele quer nos ensinar, pois isso pode acontecer em ocasiões onde menos esperamos.

2. Deus quer mostrar a Sua VONTADE em nossas vidas.

O SENHOR ficou muito irado com o pecado de seu povo e por causa de tudo isso Ele DEVERIA destruir a cidade de Jerusalém, para mostrar ao povo o resultado de seus maus caminhos. "Farei de Jerusalém montões de ruínas, morada de chacais; e das cidades de Judá farei uma assolação, de sorte que fiquem desabitadas." (Jr 9:11). A condenação ao povo de Judá seria justa, pois eles fizeram o que era mal aos olhos do SENHOR e não ouviram a Sua voz. Entretanto, o mais interessante desse texto é que Deus NÃO QUERIA destruí-los. Ele deveria, mas não queria. A sua vontade, desde o início, era que o Seu povo se apegasse a Ele e louvassem o Seu nome (v. 11). E o SENHOR expôs essa vontade a Jeremias. Dá mesma forma, Deus quer nos mostrar a Sua vontade, mas muitas vezes nós não queremos ouvir a Sua voz ou não queremos aplicar a Sua Palavra em nossas vida.

3. Que tipo de CINTO você está sendo?

É muito duro receber uma comparação negativa, principalmente quando é o próprio Deus que a faz. Ser comparado com um cinto apodrecido não é uma coisa muito boa. Um cinto podre perde completamente a sua função, além de tornar desagradável a aparência de quem o veste. Judá se tornou esse cinto, e você, que tipo de cinto está sendo? Você está sujando a imagem do nosso Deus, tornando-se um crente sem função, ou está refletindo a "boa aparência" do cristianismo às outras pessoas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário